Pantera nada mais é do que Tigre, Leão, Onça Pintada e Leopardo

54 Flares 54 Flares ×

As pessoas geralmente chamam de pantera três tipos de felinos: a pantera africana ou leopardo, a pantera americana ou onça e a pantera negra que pode ser uma variação de padrão da onça ou do leopardo como veremos adiante.

Pantera ou Panthera na verdade é um gênero da Família Felidae, da Ordem Carnivora, da Classe Mammalia que pertencem ao Reino Animalia. Esse gênero se diferencia dos outros de sua sub-família por possuírem a habilidade de rugir,  que se dá devido a uma alteração no osso hióide.

Entre as espécies desse gênero encontramos:

Panthera tigris – Tigre

Panthera leo – Leão

Panthera onca – Onça-pintada

Panthera pardus – Leopardo

Vejamos um breve resumo sobre cada um deles.

Tigre

Os tigres são caçadores noturnos e mesmo com o seu grande porte conseguem se aproximar de suas presas em silêncio de modo que não percebam sua presença. O tigre está entre os carnívoros de mordida mais forte, é um ótimo nadador, ágil e veloz. As listras do tigre são como as nossas digitais, cada tigre possui um padrão de listras único e elas nunca se repetem em outro tigre mesmo se forem gêmeos.

Pode medir de 1,42 a 2,60 metros de comprimento, sua alimentação é semelhante com a dos leopardos e onças, porém o tigre pode atacar seres humanos caso se sinta acuado ou tenha o seu habitat invadido. Vivem em média 13 anos e é o maior dos felinos.

Existem 9 subespécies de tigre: Tigre-siberiano, Tigre-do-sul-da-china, Tigre-da-indochina, Tigre-de-sumatra, Tigre-de-bengala, Tigre-de-bali (extinto), Tigre-de-java (extinto), Tigre-do-cáspio ou tigre-persa (extinto).

Tigre

Leão

O leão é encontrado em sua maioria na África, mas também ocorre na Ásia. É o segundo maior felino que existe, perdendo apenas para o tigre. A pelagem do leão é curta e lisa – não apresenta rosetas.  Os leões variam de tamanho dependendo da região em que se encontram e podem pesar de 160 a 180 quilos, mas alguns chegam 250 quilos. Os leões vivem em bando, e dentro do grupo as tarefas são divididas sendo que as fêmeas (leoas) são responsáveis por cuidar das crias e da caça, enquanto o macho (leão) fica responsável por marcar e proteger o território. As leoas costumam caçar em bando enquanto o leão quando realiza a caça a faz de forma solitária. Leões vivem em media 15 anos na selva, enquanto em cativeiro podem chegar aos 30 anos.

A famosa juba do leão é feita de longos pelos e pode ter variação de cor do amarelo claro, marrom ou preto. Além de servir para exibição na hora de conquistar as fêmeas, a juba do leão serve também para intimidar os outros machos, pois quanto maior for a juba, maior e mais poderoso ele parecerá evitando, assim, confronto com outros machos.

Leão

Onça-pintada

Também conhecida como jaguar é encontrada principalmente em florestas tropicais nas Américas do Sul e  Central e também em áreas abertas como no Pantanal.

No Brasil existem cerca de cinqüenta por cento da população de onças-pintadas e a maior parte delas se encontra na Amazônia. Na selva ela vive em média 12 anos e em cativeiro chega aos 20. Seus pelos apresentam uma tonalidade amarela com manchas pretas em forma de roseta.

A onça-pintada é uma excelente nadadora e caçadora, sua mandíbula é a mais poderosa entre os felinos e a segunda mais forte entre os animais carnívoros, perdendo apenas para o tigre. Alimenta-se de aves e mamíferos além de animais semi-aquáticos. Ela mata suas presas por atacar na região do pescoço, deixando a presa sufocada. Em animais menores ela ataca direto no crânio acertando o cérebro com os seus dentes caninos. A onça ou, como também é conhecida, pantera é um animal tão forte que é capaz de quebrar o casco de uma tartaruga.


Em geral a onça-pintada é um animal solitário, encontrando-se com outros da sua espécie apenas para acasalamento ou quando forma grupos de mãe com filhotes.

Onça Pintada

Leopardo

O leopardo vive nos continentes africano e asiático, pode medir de 1,25 m a 1,65m de comprimento e pesar geralmente de 30 a 90kg. Existem várias subespécies de leopardo, entre as mais conhecidas estão o leopardo-nebuloso (Neofelis nebulosa) e o leopardo-das-neves (Uncia uncia).

Os leopardos são animais de hábitos noturnos e durante o dia costumam dormir a maior parte do tempo. Assim como os gatos, os leopardos amam alisar seu pelo e fazem isso se lambendo, e também são animais considerados brincalhões.

Apesar de ser bem parecido com a onça-pintada, apresenta uma grande diferença com relação ao pelo: ao contrario das onças que apresentam rosetas no pelo os leopardos apresentam manchas menores e mais escuras.

Os leopardos alimentam-se de coelhos, cervos, macacos, gazelas, veados e até mesmo de insetos. A fim de evitar que outros animais como leões e tigres roubem a sua presa, o leopardo as leva para cima  de uma árvore e as devora lá mesmo, podendo carregar até 3 vezes o seu próprio peso.

O leopardo encontra-se em perigo de extinção e o principal motivo disso é a caça por causa de sua pele que é muito cobiçada para artigos de vestuário e acessórios, além da destruição e do desequilíbrio de seu habitat.

leopardo

Pantera Negra

Como vimos Pantera Negra é o nome que muitas pessoas dão a qualquer felino negro, e a verdade é que não existe uma espécie que é a Pantera-negra. O nome Pantera refere-se ao gênero dos felinos citados acima. Então, pantera negra é o nome popular que se dá às onças-negras ou leopardos-negros que apresentam uma alteração genética chamada de melanismo, que é um aumento concentrado de pigmentos negros na pelagem do animal. Os leopardos-negros são mais comuns nas selvas do sudeste asiático.

Acreditava-se que a onça-preta, também conhecida por jaguar-preto, podia ser uma espécie diferente, porém descobriu-se que ela pertence à mesma espécie da onça-pintada: Panthera onca. Quando observada à luz do dia é possível ver as rosetas típicas da onça-pintada contra o fundo negro da pelagem da onça-preta. Por causa dessa nuance de cor a onça-preta é considerada rara.

Um fato interessante é que o melanismo é uma mutação genética, assim, um leopardo amarelo ou uma onça-pintada comuns podem gerar filhotes portadores do melanismo, ou seja, filhotes pretos.

pantera

pantera

pantera

Gostou desse artigo? Comente abaixo.