Tilápia do Nilo ou Tilápia Vermelha? Qual a Melhor?


A Tilápia é de longe o peixe mais criado e consumido do mundo. Além de ser encontrado em grande escala em nos rios, praticamente todos os pesque pague tem um tanque que possui somente tilápia. Muitas vezes, esse é o único peixe que se tem para pescar.

Na verdade, a palavra Tilápia se refere as diversas espécies de peixes ciclídeos de água doce. Eles pertencem a subfamília Pseudocrenilabrinae e ao gênero Tilápia, sendo as espécies bem parecidas uma das outras.

Porém, esse peixe é tão conhecido que essa informação técnica nem é tão divulgada e pouquíssimas pessoas sabem que a Tilápia na verdade é um gênero e não uma única espécie. As duas mais conhecidas são a Tilápia do Nilo e a Vermelha, as quais você pode ver nas imagens abaixo.

Tilápia do Nilo
BRABO, 2016

Tilápia Vermelha
Reproduzido da Internet

Quando se fala de Tilápia, geralmente as pessoas apenas pensam na Tilápia do Nilo, visto que é a mais criada ao redor do mundo. Ela é mais encontrada tanto no pesque pague quanto nos rios, seu nome científico é oreochromis niloticus.

Embora que a do Nilo seja a mais existente no mundo todo, o interesse pela Tilápia Vermelha cresce bastante nos últimos anos. Um dos principais motivos de preferirem a Tilápia nilótica, é que esta possui desovas mais confiáveis. Elas produzem maiores quantidades de alevinos do que a vermelha. Além disso, os ovos, alevinos e juvenis geralmente conseguem sobreviver em grande escala se comparada a Tilápia do Nilo com a Tilápia Vermelha. Isso acontece devido também ao fato de serem mais resistentes a baixas temperaturas.

Mas, em contra partida, ao mesmo tempo que a Tilápia nilótica tem em grande escala, o preço de comercialização dela é bem mais barato do que se comparado a Vermelha. Isso por que a outra pode ser considerada mais difícil de se encontrar. Tudo que tem em abundancia tende a ser mais barato do que tem em falta. Por isso muitos tem se especializado apenas na criação da Tilápia Vermelha.

Alimentação

O principal cardápio da Tilápia é insetos, sementes, micro crustáceos, raízes, plâncton, algas ou outros pequenos peixes. Isso é devido a fato desse peixe ser omnívoro, herbívoro ou fitoplanctófago.

Reprodução

A reprodução da Tilápia começa acontecer a partir dos seis meses, sendo que pode desovar até quatro vezes por ano. O índice de sobreviventes das desovas são grandes pois ela protege a prole.

Criação de Tilápia para Comercialização

Para quem cria Tilápia Vermelha, algo que os criadores sempre precisam se preocupar é a coloração vermelha. Os criadores precisam sempre fazer uma seleção para que a colocação continue entre as próximas gerações. Então, esse é outro aspecto que influência o preço dessa Tilápia Vermelha ser mais cara que a outra. Além de dar menos por cultivo, precisa de seleção contínua em relação a coloração.

Para quem deseja começar criar esse peixe e está com dúvida entre quais, deverá levar em consideração os itens já citados até agora. Os criadores também deverão avaliar condições ambientes, sistema de cultivo e o mercado da região, se compensa ou não criar a vermelha ou a do Nilo, visto que isso varia também de cada cidade ou estado. Embora a Tilápia Vermelha seja comercializada mais caro, se não tiver procura na sua região, com certeza perderá tempo e dinheiro na criação dela. Portanto, estude muito bem em qual Tilápia é melhor para se criar.

Preços

O abate é feito quando o peixe está entre 800 gramas e 1 kg, o ganho diário é entre 4 e 5 gramas. Assim, o abate é feito entre 6 e 8 meses. O quilo pode variar entre R$ 3,70 e R$ 4,50, dependendo da criação.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

(13 votos, média: 4,08 de 5)

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente!
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *