Shar Pei – Tudo o que você precisa saber sobre essa raça

Shar Pei - Pet Love

Origem da Raça Shar Pei

A raça Shar Pei é chinesa existindo nas províncias da China Meridional desde a Dinastia Han (206 a.C. á 220 d.C.). A cidade de Dialak, na província de Kwun Tung, é provavelmente seu lugar de origem. Alguns exemplares tem a língua azul assim como a raça Chow Chow podendo as duas raças ter um ancestral comum.

O cachorro Shar Pei trabalhava com os camponeses, cumprindo os papéis de cão de guarda e caçador de javali. Era também cão de briga em combates de arena contra outros cães (esporte popular na China). Sua pele solta constituía uma defesa contra as dentadas do cão adversário. Assim, os ferimentos eram restritos à pele não atingindo os órgãos. Também foram encontrados relatos que a raça Shar Pei era utilizada como cão de guarda das tumbas de membros da realeza.

Com a chegada do comunismo, a maior parte dos cães chineses foi eliminada. Alguns Shar Pei foram criados em Hong Kong e Taiwan sendo reconhecida em 1968 pelo Kennel Club de Hong Kong. Em 1973 um artigo publicado por Matgo Law, de Hong Kong, alertou os criadores americanos sobre o reduzido número de Shar Pei existentes no mundo. No ano de 1974, esta raça entrou para o Guinness Book (Livro dos Recordes) como sendo o cão mais raro do mundo. Nessa época, alguns exemplares foram levados para os Estados Unidos. Assim a raça passou a ser muito popular e uma das raças mais conhecidas da América.

Características Físicas

A raça Shar Pei é conhecida por sua pele solta e suas rugas por todo o corpo. Embora ocorram principalmente em filhotes e nos adultos podem estar presentes apenas na região da cabeça, pescoço e ombros. Outra característica marcante é o formato dos olhos dando um aspecto de cansaço e tristeza ao cão.

São cães fortes e de corpo compacto, um Shar Pei adulto pode medir de 44 a 51 cm de altura e ter o peso variando de 18 a 25 kg, portanto cães de porte médio. Os Shar Pei possuem orelhas pequenas e espessas. A cauda é grossa e alta. Em relação ao corpo esses cães apresentam uma cabeça grande com focinho largo e lábios carnudos. O comprimento do pelo pode variar de 1 cm a 2,5 cm.

As cores podem variar entre preto, vermelho, areia, creme e azul, mas também existem cães de duas cores. O Shar Pei preto é o mais raro e o creme/vermelho é o mais encontrado.

Comportamento e Temperamento da Raça Shar Pei

Shar Pei
O Shar Pei é autoconfiante, sério, independente, algumas vezes teimoso. Porém é muito inteligente e não precisa de muito tempo para aprender comandos, aprender sobre a rotina da casa e o lugar para urinar e defecar. Embora esses cães não sejam muito expressivos, são apegados á família sendo muito protetores. A princípio, parecem reservados e desconfiados com estranhos não aceitando carinho ou toque. Mas logo mudam de atitude ao perceberem que não apresentam perigo.

Alguns Shar Pei se dão bem apenas com os da mesma raça não aceitando outros cães por serem muito dominantes ao seu território. Mas alguns Shar Pei aceitam outras raças se dando muito bem com elas, dependendo realmente da personalidade de cada indivíduo. Eles precisam de estímulos físicos e mentais todos os dias assim como qualquer outro cão.

Essa raça não gosta de viver sempre do lado de fora da casa podendo dividir seu tempo entre a casa e o quintal. A maioria prefere ficar dentro de casa perto do dono e mesmo que você tenha um quintal grande para ele, ele só ficará no quintal se o dono estiver presente. Em todo momento ele busca a companhia do seu dono e sua família. Dessa forma geralmente ele só aceita ordens desde que não afete suas vontades próprias.

Saúde do Shar Pei

As principais preocupações da raça são quanto ao entrópio. O entrópio ocorre na maioria dos Shar Pei filhotes quando as pálpebras viram sobre si mesmas empurrando os cílios para dentro dos olhos afetando o globo ocular. Mas é facilmente resolvido com o pregueamento dos filhotes e caso ainda não resolva uma cirurgia simples é realizada com retirada de parte da pálpebra.

Outras preocupações são a luxação da patela e sarna demodécica que ocorre principalmente em situações de estresse. O uso de alimentação inadequada para a raça (ideal rações Super Premium) e ambientes muito úmidos também contribuem para que isso aconteça. Por isso o banho é recomendado no máximo uma vez por mês. Alguns cães da raça costumam ter febres de causa desconhecida juntamente com inchaço no jarrete (joelho).

Assim, para adquirir seu Shar Pei, esteja consciente quanto a raça e que ele precisa de ótima alimentação e cuidados para assim ter uma vida longa e saudável.

Shar Pei - Pet Love

Se gostou do artigo, tem um cão da raça Shar Pei ou deseja ter um, comente abaixo. Sua opinião é importante para nós.

46 Comments - Add Comment

Reply