Shar pei Tudo o que você precisa saber sobre essa raça maravilhosa

Shar Pei - Pet Love

Segundo a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), a raça Shar pei pertence ao grupo 2, padrão FCI 309 de 09/08/1999. Essa raça cativante aprende rapidamente os hábitos de higiene, gostar de ficar deitado ao lado dos donos, na maior tranquilidade. Nada de grandes agitos e correrias. Se dá bem com pessoas estranhas e nem sempre gosta de outros cães. Vivem bem em lugares grandes ou pequenos, são caseiros, de fácil adaptação. Não precisa de mais de 15 minutos de passeio por dia e late pouquíssimo. Gosta de crianças, ainda que canse logo e não aguente horas de folia. O Shar pei chama atenção onde quer que esteja e conquista corações com um jeito especialmente envolvente e cativante.

Origem da Raça Shar Pei

A raça Shar pei é chinesa existindo nas províncias da China Meridional desde a Dinastia Han (206 a.C. á 220 d.C.). A cidade de Dialak, na província de KWUN TUNG, é provavelmente seu lugar de origem. Alguns exemplares tem a língua azul assim como a raça Chow Chow podendo as duas raças ter um ancestral comum.

O Shar pei trabalhava com os camponeses, cumprindo os papéis de cão de guarda, caçador de javali e cão de briga em combates de arena contra outros cães (esporte popular na China). Sua pele solta constituía uma defesa contra as dentadas do cão adversário, assim os ferimentos eram restritos à pele não atingindo os órgãos. Também foram encontrados relatos que a raça shar pei era utilizada como cão de guarda das tumbas de membros da realeza. Com a chegada do comunismo, a maior parte dos cães chineses foi eliminada e alguns Shar peis foram criados em Hong Kong e Taiwan sendo reconhecida em 1968 pelo Kennel Club de Hong Kong. Em 1973 um artigo publicado por Matgo Law, de Hong Kong, alertou os criadores americanos sobre o reduzido número de Shar pei existentes no mundo tanto que em 1974, esta raça entrou para o Guinness Book (Livro dos Recordes) como sendo o cão mais raro do mundo. Nessa época, alguns exemplares foram levados para os Estados Unidos. Assim a raça quase foi extinta passando a ser muito popular e uma das raças mais conhecidas da América.

Características Físicas

A raça Shar pei é conhecida por sua pele solta e suas rugas por todo o corpo embora ocorram principalmente em filhotes e nos adultos podem estar presentes apenas na região da cabeça, pescoço e ombros. Outra característica marcante é o formato dos olhos dando um aspecto de cansaço e tristeza ao cão.

São cães fortes e de corpo compacto medindo de 44 a 51 cm de altura na cernelha do animal adulto e peso variando de 18 a 25 kg, portanto cães de porte médio. Os Shar peis possuem orelhas pequenas e espessas. A cauda é grossa e alta. Em relação ao corpo esses cães apresentam uma cabeça grande com focinho largo e lábios carnudos. O comprimento do pelo pode variar de 1 cm a 2,5 cm.

As cores podem variar de cores colidas como preto, fulvo, vermelho, areia, creme e azul, mas também existem cães de duas cores chamadas de flowered.

Comportamento e Temperamento da Raça Shar Pei

Shar Pei
O Shar Pei é autoconfiante, sério, independente, algumas vezes teimoso, mas muito inteligente não precisando de muito tempo para aprender comandos, aprender sobre a rotina da casa e o lugar para urinar e defecar. Embora esses cães não sejam muito expressivos, são apegados á família sendo muito protetores. A princípio, parecem reservados e desconfiados com estranhos não aceitando carinho ou toque, mas logo mudam de atitude ao perceberem que não apresentam perigo.

Alguns Shar Peis se dão bem apenas com outros Shar peis não aceitando cães de outras raças por serem muito dominantes ao seu território, mas outros aceitam outras raças se dando muito bem com elas, dependendo realmente da personalidade de cada indivíduo. Precisam de estímulos físicos e mentais todos os dias assim como qualquer outro cão.

Essa raça não gosta de viver sempre do lado de fora da casa podendo dividir seu tempo entre a casa e o quintal. A maioria prefere fica dentro de casa perto do dono e mesmo que você tenha um quintal grande para ele, ele só ficará no quintal se o dono estiver presente. Em todo momento ele busca a companhia do seu dono e sua família. Dessa forma geralmente ele só aceita ordens de seu dono desde que não afete suas vontades próprias.

Saúde do Shar Pei

As principais preocupações da raça são quanto ao entrópio. O entropio ocorre na maioria dos Shar peis filhotes quando as pálpebras viram sobre si mesmas empurrando os cílios para dentro dos olhos afetando o globo ocular. Mas é facilmente resolvido com o pregueamento dos filhotes e caso ainda não resolva uma cirurgia simples é realizada com retirada de parte da pálpebra.

Outras preocupações são a luxação da patela e sarna demodécica que ocorre principalmente em situações de estresse, uso de alimentação inadequada para a raça (ideal rações Super Premium) e ambientes muito úmidos. Por isso o banho é recomendado no máximo uma vez por mês. Alguns cães da raça costumam ter febres de causa desconhecida juntamente com inchaço no jarrete.

Assim, para adquirir seu Shar pei esteja consciente quanto a raça e que ele precisa de ótima alimentação e cuidados iniciais nos olhos para assim ter uma vida longa e saudável.

Shar Pei - Pet Love

Se gostou do artigo, tem um cão da raça shar pei ou deseja ter um, comente abaixo. Sua opinião é importante para nós.

  • Bruno Silveira

    Ola

    Queria dar minha opinião sobre a raça. Sou médico veterinário e trabalho a anos na área. Acredito que cada raça tem suas qualidades e seus “defeitos”.

    O sharpei é uma excelente raça, mas temos que ter muito cuidado quando se trata de seu temperamento. Vejo muitos acidentes com essa raça devido a falta de conhecimento dos donos com relação ao seu temperamento forte. O sharpei, ao lado do chow chow, são as raças que mais mordem médicos veterinários no consultório. Eles não costumam se dar bem com estranhos não. As vezes são agressivos com os próprios donos, dai o grande numero de acidentes em casa mesmo.

    É uma raça linda, muito boa, mas exige muitos cuidados e donos específicos. Certamente existem aqueles extremamente dóceis e calmos, mas é incomum.

    Outra coisa é sobre o entrópio. Esta longe de ser um problema simples. Longe. A maioria dos cães tem que passar por uma ou mais cirurgias antes de completar 2 anos de vida. Cirurgias caras e complexas, pois se trata de uma cirurgia plástica. Costumam ter alguns problemas de pele em decorrencia das dobras, mas de maneira geral são cães saudaveis e resistentes.

    • Olá Bruno Silveira, tudo bem?

      Sim, realmente a raça Shar pei é uma das mais ‘bravas’ para com pessoas desconhecidas. A Maísa Melo que foi a colunista que escreveu esse artigo tem alguns Shar Pei (já vi diversas fotos dos Shar Pei dela no facebook) e além do ótimo artigo que ela fez, esse seu comentário ajudou a complementar ainda mais.

      Embora o Shar Pei seja uma das raças mais lindas (na minha opinião), deve se tomar cuidado e tratar um cão dessa raça um pouco diferente do que a maioria das outras raças de cachorro. Embora o Shar Pei é como qualquer raça (ama brincar, é carinhoso..), eles tem um temperamento um pouco diferente a estranhos, e isso é um dos principais problemas que o dono deve ter, pois a tendencia de qualquer pessoa que desconhece isso é querer passar a mão nessa raça.

      E se a pessoa que vai passar a mão sabe que o Shar pei é uma raça um pode acabar mordendo estranhos, então não tente passar a mão sendo autoconfiante! Aos poucos irá transmitir confiança ao cachorro e ele deixará passar a mão nele, mas deve se tomar muito cuidado nesse sentido.

      Agradeço o seu comentário Bruno e espero que continue aqui o site, sempre que possível comentando os artigos, ainda mais se for para complementar como esse excelente comentário que você fez.

  • Caroline franciolli

    Eu tenho um sharpei preto filhote ainda estou aprendendo sobre a raça…meu Sharpei tem dois meses e 14 dias ele ja adaptou ao meu lar mais ainda estou tendo dificuldades com ele de higiene ele esta muito teimoso a respeito disso o que devo fazer?

    • Assim como o Sharpei ou qualquer outra raça, você deverá ensina-lo na questão da higiene, pois para ele o momento certo e fazer as necessidades é quando está apertado.

      Dê uma pesquisada sobre como adestrar cachorro a fazer xixi e coco no lugar correto usando jornal.

      Essa com certeza é a melhor forma de você educar o seu Sharpei a te obedecer na questão da higiene e sempre fazer coco e xixi no lugar correto.

  • Fernando

    Bom eu tenho um Shar pei de 5 meses , foi o dinheiro mais bem gasto da minha vida , raca adorável , brincalhão , higiênico se da bem com todo mundo , pode ser porque ainda é filhote , mais é uma raca pra quem gosta de vdd , e meio teimoso gosta de morder e sempre esta perto do dono .
    Super recomendo vou comprar agora uma Fêmea para aumentar a Família .
    Ótima matéria .

    • Que bom que gostou do artigo Fernando e fico feliz de ter deixado seu comentário aqui para os outros também se aproveitar da sua experiencia com essa raça.

      O Shar pei de longe é uma das raças de cachorros mais lindos e ao mesmo tempo mais adoráveis.

      Quando comprar a Fêmea e já tiver um tempo de convivência, seria ótimo voltar aqui e falar as particularidades de cada um deles, tanto o macho quanto a fêmea.

      Um grande abraço.

  • Eliane Rodrigues

    Olá, tenho uma sharpei de quase 05 meses, ela é muito teimosa e as vezes acho ela um pouco agressiva, muitas vezes fica pulando e tentando morder meus pés, mãos, rosto. Mas também é brincalhona! Ela já passou pela cirurgia nos olhos e foi super tranquilo, mas muito onerosa. Preciso de um conselho de como ajudar ela ficar mais calma e mais dócil, principalmente com nós que somos os donos. Será que o fato de ela ficar o dia todo sozinha influencia nas atitudes?

    • Eliane, boa tarde, tudo bem?

      Primeiramente gostaria de agradecer por comentar aqui no site e deixar sua experiência com um filhote Shar Pei, visto que isso vai servir de exemplo para outras pessoas.

      Bem, O Shar Pei possui um temperamento um pouco diferente da maioria dos outros cachorros, sendo as vezes bem teimoso. São bem territoriais, e como ele fica sozinho o dia todo, pode achar que vocês estão invadindo o território deles.

      Sobre essas mordidas, ele late ou te ataca, ou simplesmente morde? Pois como é um filhote ainda, as vezes essas mordidas sejam brincadeiras, mas por se tratar de um filhote ainda, ele não sabe o limite e acaba mordendo forte, o que para ele ainda é uma brincadeira, para você acaba sendo um incômodo.

      Sobre deixar o seu shar pei mais calmo, o ideal é você gastar essa energia com ele através de treinamento e de outros exercícios como caminhada leve. Além disso, ao participar de uma atividade em conjunto com ele, isso vai deixa-los mais juntos, como uma família, e ele não a verá mais como uma intrusa, mas sim como alguém que gosta de estar sempre ao lado.

      Olha, como não estou ai e não consigo ver pessoalmente o dia a dia de vocês, o máximo que consigo ajudar é até esse ponto. Você poderia procurar algum canil que tenha conhecimentos sobre a raça shar pei ou deixar mais claro alguns pontos aqui para tentar te ajudar mais.

      Uma dica muito boa é: pense igual o seu cachorro. Isso não significativa latir, óbvio. Isso significativa apenas pensar como ele. Nesse seu caso, ele é um filhote, você tem uma raça de temperamento forte, ficam o dia todo fora de casa e podem ser considerados como intruso. Então existem N motivos. Mas se tentar pensar como seu shar pei, provavelmente vai entende-lo melhor.

      Mas já de inicio é essencial começar a treina-lo e a ajuda-lo a gastar energia, e também expo-lo a pessoas diferentes, sons diferentes, e ambientes diferentes, para que ele cresça um shar pei mais sociável, tanto com pessoas com novas experiencias que forem ocorrendo no dia a dia dele daqui para o futuro. Aproveite enquanto ele ainda é um filhotão.

      Espero que tenha te ajudado de alguma forma, e volte aqui depois para nos falar se deu certo ou não alguma dessas dicas, ok?

      Um cordial abraço,
      Gleidson Henrique.

    • Giba

      Sim, influência. Shar pei precisa de mt carinho e atenção, pois se sentem só com mta facilidade. Por isso toda essa agitação quando vc chega em casa!

  • Anelise

    Bom eu tenho um lindo menino de 8 meses e seus 20kg. Quando compramos o Afonso, fizemos longas pesquisas pra saber mais sobre a raça, vimos muito sobre agressividade e coisas do gênero, e desde cedo acostumamos ele num circulo grande de pessoas. E pra falar a verdade, ele adora. Adora pessoas, adora cachorros, adora gatos, adora passarinho e adora ainda mais biscoitos. Encontramos muitos problemas relacionado a pele, estamos em tratamento diariamente com ele, com remédio, vitaminas e cuidados veterinários, ele consulta de 3 em 3 meses pra ver se está tudo ok. Limpamos o seu ouvido todos os dias, sim ele é teimoso, mas se rende a carinhos e brinquedos. Ele é meu companheiro inseparável, dorme abraçado comigo, me respeita e me escolheu pra ser sua dona, mas ama o meu companheiro da mesma maneira, só que fica sempre ao nosso meio. Toda atenção, todo carinho, todo amor e repreensão são bem vindas. Não é fácil de lidar, e nem um pouco barato, mas ainda bem que não precisamos fazer cirurgia em seus olhos. Temos cuidados principalmente no verão, já que aqui no Sul é muito quente, deixamos ventilador e tudo bem arejado para que não sinta calor.Água sempre fresca e a vontade para ele. É beeeem trabalhoso mas não troco a raça por nada. Não tenho problemas com vizinhos, ele não late, não morde e ainda se da bem com todos do prédio. Acho que tudo vai do dono, e de acostumar desde pequenos com o maior número de pessoas.

    • Olá Anelise Machado, tudo bem?

      Olha, é desse tipo de comentário que eu amo ver. Você disse, com suas palavras e de um jeito que todos conseguem entender fácil de que o Shar pei, embora tenha os pós e contras, é uma raça de cachorro simplesmente excepcional e que você não o trocaria por nada, mesmo tendo já gastado dinheiro com remédios e assim por diante.

      É justamente desse tipo de comentário que eu incentivo todos os leitores do site, pois com isso outras pessoas conseguem ter uma grande noção sobre cada raça e quão difícil será cria-los. Podem ter vários problemas, desde doenças e até grandes gastos financeiros, e o melhor é que cada um saiba essas informações antes de se adquirir um cachorro, pois infelizmente algumas pessoas não pensa nisso e quando começa apertar, seja no sentido financeiro ou no sentido de dar muito trabalho tendo que levar para veterinário ou banho e tosa, enfim, essas pessoas simplesmente ‘não amam mais o seu pet’ e decidem solta-lo na rua para morrer.

      Gostei muito do seu comentário! Mas gostei ainda mais da parte que você diz que embora tenha tido bastante trabalho com o seu shar pei, não trocaria essa raça por nada! Amei isso 😛

      Anelise, um grande abraço e muito obrigado pelo comentário, de verdade! Obrigado mesmo!

  • Karen Araujo

    Tenho um Sharpei,ele tem quase 4 meses adora brincar ,pular em cima dos outros e tbm adora ficar na rua.Aprendeu super rapido a fazer as necessidades num lugar.
    O olho dele vive remelando tenho medo de fazer a cerurgia nele o q fazer para melhorara?

    • Olá Karen, agradeço o seu comentário.

      É normal os olhos ter um pouco de secreção ou remelas, isso é parte natural do corpo, pois isso ajuda na limpeza dos olhos e ductos lacrimais.

      No próprio banho essas secreções deverão sair com facilidade.

      Mas excesso não é normal, e o correto é você procurar um veterinário. Isso é o melhor e mais seguro a se fazer.

      Um grande abraço,
      Gleidson Henrique.

  • Eviane Carvalho

    Olá! !!! Bom irei buscar meu sharpei filhote amanhã. Depois que li os comentários abaixo, fiquei muito receosa em pega lo, porque tenho um filho de 4 aninhos e pelo que li são bravos. Vcs acham que devo desistir desta compra? Já que este cachorrinho seria para meu filho?

    • Eviane, bom dia, tudo bem?

      Então, vai muito da socialização dele, porém como você viu o shar pei realmente é uma raça um pouquinho brava, e isso é da própria raça. Mas se educado da maneira correta, e inclusive for treinado da maneira correta, não terá problema. Mas ter um shar pei exigirá mais esforço da sua parte do que se pegasse uma outra raça mais indicada para crianças.

      Você deverá socializa-lo, treina-lo e educa-lo desde filhote, para ele te obedecer e não ver as novas experiencias com medo, mas sim como algo fácil de encarar. Porém por ser um cachorro de temperamento forte, o shar pei exige mais dedicação para isso do que outras raças, entende?

      E deixar o cachorro sozinho com a criança jamais! Isso vale para qualquer raça, não só o shar pei. As crianças tendem a fazer coisas que irritam os cachorros, como pegar no colo e jogar, puxar o rabo ou a orelha e outras coisas assim. Exigem cachorros mais tolerantes a essas coisas e outros menos tolerantes, mas toda paciência tem limite. Alguns apenas irão latir e o seu filho irá tomar um susto e chorar e outros já poderão morder. Por isso deixar sozinho os dois nunca! Nem shar pei, nem vira lata, nada! ok?

      Espero ter ajudado e qualquer coisa, é só perguntar. Abraços.

  • Jéssica Macedo

    Minha Sharpei tem 2 meses e meio…também é teimosa, qdo se da um
    comando mais forte ela para e fica tentando entender o q fez de errado.
    São muito inteligentes, ela aprendeu a fazer as necessidades com 2 semanas…pq ela cismava em fazer em um ponto da casa q ela escolheu e não onde tinha q fazer rs. Minha questão é que tipos de brincadeiras ajudam a cansá-los e a estimular a inteligencia? O veterinário dela falou q para ela parar de sair modendo e diminuir a agitação ela tem que se cansar…alguma ideia?

    • Olá Jéssica. Tem dois métodos de você ajuda-lo a parar de morder as coisas.

      1 – Cansa-lo
      2 – Comprar algum brinquedo próprio para morder. Como ele é filhote ainda, ele realmente vai morder. Mas você tem que focar a mordida em brinquedos, ao invés de pés de mesas.

      Atividades diárias é importante, seja uma brincadeira com ele ou uma caminhada leve. Como ele é um filhote ainda, você tem que expô-lo a novas experiencias, com cachorros e pessoas, e a melhor forma é passeando. Isso vai faze-lo crescer mais calmo. É uma das melhores maneiras de socializa-lo com o mundo, e ele crescer como um cachorro normal.

      Para ele morder você pode comprar uma bolinha ou um ossinho, tanto faz. Se puder comprar os dois é melhor ainda.

      Divida as atividades diárias entre caminhada e entre brincadeira com a bolinha. Isso já vai ajuda-lo a gastar um pouco das energias diárias.

      Obrigado por comentário. Qualquer dúvida só falar. 🙂

  • Valeria Regiane Souza Leite

    Oi, tenho um “filho” sharpei de 04 anos, que amo mais que tudo…mas eu e meu esposo estamos indo para outro país fazer um intercâmbio e não tem como leva-lo, e os planos são de ficar um tempo grande no país… teremos que doar o fofura! Estou super preocupada com a adaptação dele, tenho dúvidas se ele ficará bem, como devo proceder nesse caso? O que devo levar em conta na hora de escolher uma nova casa para ele? Ouvi comentários de que sharpei não se adapta a novos donos, etc. Isso é verdade?

    • O shar pei realmente é muito apegado com a família e com os donos. E realmente pode ser que ele não se dê bem com os novos donos. Não existe algum parente ou amigo que tinha bastante contato com ele e que pode ficar até você voltar?

      Existem hotéis para cachorros, mas dependendo do tempo que for ficar fora pode acabar ficando um pouco caro.

      Se caso não tiver ninguém para ficar com ele, o maior problema é que se a família que você escolher não for tolerante e por acaso eles rosnar ou latir para eles, pode ser que eles simplesmente soltem o cachorro na rua, e dai você já sabe o que pode acontecer…

      Aconselho a procurar alguma ong de doação de animais na sua cidade e pedir ajuda nesse sentido. Cachorros de raça como o shar pei é fácil encontrar donos, porém essas ong pode ter até uma lista para conseguir te ajudar de maneira mais rápida.

      Outra coisa é que também tudo depende do cachorro. Somente você sabe como é o seu shar pei. Caso desejar você mesmo procurar um dono para ele, aconselho a fazer um teste, caso dê tempo antes de viajar. Você procura já uma familia e deixa um tempo para ver como o seu shar pei se acostuma. O Shar pei tem temperamento forte, isso é próprio da raça, mas pode ser que o seu se acostume.

      Essas são as dicas que consegui pensar aqui, e que pode te ajudar. Pode ser que tenha outro caminho mais fácil, mas que eu lembrei de momento foi isso. Espero ter ajudado você. Se tiver outra dúvida, volte a perguntar.

  • Eduardo

    Olá!!! Eu tenho um Shar Pei, mas o que achei de estranho é que ele não é rugoso como de abíto desta raça, só é na cabeça… A minha questão é o seguinte: é possível existir Shar Pei que não é rugoso? Aguardo pela vossa ajuda.

  • Ana Carolina Medeiros

    Olá bom dia.
    Tenho um Sharpei de 2 anos, ele é super alegre e obediente, mas ultimamente o pelo dele vem caindo muito, e com mal cheiro na pelagem, mesmo dando banho no dia seguinte o cheiro ja começa. Não sei mais o que fazer.

    • É recomendável que procure veterinário para analisar qual o problema dele. Mas pode ser vários, como até mesmo excesso de banho ou alguma doença que se devolveu.

  • Anna Vitória

    Olá, eu tenho 2 cachorro da raça sharpei eles ñ obedecem, quando abrimos o portão eles sai correndo ,vive pulando ensima da gente late atoa e não gosta de ficar preso ,entra dentro de casa e leva tudo pra casa deles morde e não gosta quando Ajente pega as coisas, adora subi na cama ,core a atrás de todo mundo ,oque eu Fasso com eles por favor me ajuda

    • Olá Anna Vitória, seja bem vinda ao site.

      Olha, creio que o problema do seu shar pei seja falta de adestramento ou a atitude que vocês tem para com ele. Imagine o shar pei como uma criança chata. Quando uma criança quer muito uma coisa e os pais poem limite e ensinam a ela que não pode, ela vai ficar brava mas irá respeitar. Mas se os pais falam ‘Ahhh não meu filhinho querido, não pode…’, a criança provavelmente irá passar por cima, por que os pais não mostraram que são eles que tem a voz ativa e muito menos ensinaram o por que não pode.

      O seu Shar pei é exatamente como essa criança. O problema pode ser que ou ele não foi treinado e ensinado corretamente ou então que vocês (donos) não tem voz ativa sobre ele. O Shar pei é uma raça um pouco mais complicada de lidar, pois ele tem um temperamento próprio. Portanto, ele exige maior dedicação da parte dos donos para cuidar.

      Outro motivo que poderia ajudar é vocês fazer caminhadas ou algum outro exercício diário com ele, entre pelo menos 30 minutos a 60 minutos. Isso irá ajudar a gastar energia deles e consequentemente eles mudarão um pouco as atitudes.

  • Jussara Avila

    Tenho uma char pei com 4 anos. Foi criada no pátio.. Um dia acordei ela tinha conseguido entrar pra dentro da cozinha durante a noite. Foi uma briga pra tirar
    .agora não conseguimos dormir..pq quer entrar. E encomodando a noite td..não sei mais o que fazer.

    • Olá Jussara. Olha, existem vários motivos do seu cachorro estar fazendo isso. Pode ser que seja apenas vontade de não ficar sozinho, ou que esteja entediado de não fazer nada. Ele costuma dormir de dia? Se sim, pode ser que esse seja o problema, pois de noite ele fica muito tempo sozinho e sem fazer nada, e por isso acaba incomodando vocês.

      Teve alguma mudança recente que pode ter causado isso? Qualquer tipo de mudança que envolva ele? Se sim, pode ser esse o problema.

    • cesar

      e so dar ela para min kkkkkkkkkkkk

  • Jussara Avila

    Eu tenho um com 4 anos..foi criado no pátio. Agora faz duas semanas que não quer ficar na rua a noite.não deixa ninguém dormir..

    • Você já tinha comentado sobre o seu cachorro Jussara. Conseguiu descobrir o motivo já?

      Abraços

  • Bruna

    Oi bom dia, eu acabei de adotar uma sharpei de 5 anos e estou meio preocupada quanto o relacionamento dela com um outro cachorro que tenho de porte pequeno… ela ja estava acostumada com outros caes pequenos la onde ficava, mas meu pequeno é muito ciumento e fica pulando nela o tempo todo, rosnando… ate que chega uma hora que ela começa a correr atras dele pra tentar pegar, parece que nao passa de uma brincadeira mas as vezes ela segura ele de um jeito que parece que vai machucar, ele ate chora, mas quando eu olho pra ver se tem algum machucado nao ha nada, isso seria uma simples brincadeira ou sera que pode ficar mais serio?

    • Olá Bruna, tudo bem?

      O shar pei tem um temperamento forte e o seu comportamento costuma realmente ser um pouco diferente de outros animais. Esse chorar do outro cachorro será que é um choro de dor ou de medo? Por que você já viu alguns cachorros que se alguém bater o pé para ele, ele sairá correndo e chorando? rsrs

      Mas como o outro é um tanto ciumento, pode ser que um dia acabe passando de uma brincadeira para umas mordidas mais sérias. Porém, nesse tipo de situação, o cachorro que está sendo incomodado (no caso é o shar pei) irá até brigar com o outro que o está incomodando, mas será para se livrar. É muito diferente se você tivesse colocado os dois juntos e o shar pei que fosse atrás do outro para arrumar encrenca, você entende? Então eu acho que realmente pode sair algumas mordidas sérias futuramente, mas nada que ele não se recupere. Mas fique sempre atenta a como os dois estão se comportando…

      Volte sempre no site. Até mais.

  • Fernando Júnior

    olá eu tenho uma sharpei de 5 anos, eu queria saber se o olho remelar todos os dias e normal ? eu lavo sempre com soro, mas n demora mto ja esta cheia de novo, outra coisa que queria saber e se e normal eles trocarem de pelo caindo as torona, isso so ta acontecendo no corpo na cabeça ta normal, pelo lisinho.

  • Francisco

    Oi! Tenho 4 shar peis, todos brush coat (Uma creme, um dourado, uma preta e uma acaju). Fui comprando de um por um, até que deu nessa pequena coleção. Fui indicado pelo criador na compra da primeira filhote a só dar banho em último caso, de 3 em 3 meses, e que a raça se daria bem com outras raças pequenas. Tenho 2 cães menores. Resultado: com brincadeiras, já que shar pei não tem noção do tamanho , feriu seriamente um cãozinho meu. Tomei como exemplo e, hoje, eles ficam separados enquanto estou no trabalho e dormem em quartos separados. Todos os 4 shar peis se dão MUITO bem, só latem em último caso, nunca morderam ninguém. Só ficam todos babados nas brincadeiras deles. São minhas sombras. Tem uma delas com certa dominância quando alguém chega perto de mim, mas nada que não possa ser manejado. Tive SÉRIOS problemas de pele seguindo esse orientação de não dar banhos, em todos eles! Perderam pêlo, alergias, e a pedido do meu veterinário, tomam banhos semanais com shampoos específicos, esses hipoalergênicos, os olhos são lavados todos dias com chá de camomila gelado, as orelhas são limpas só por fora e unhas cortadas quando necessário. Super dica: Uso ProPlan Sensitive Skin, que na capa tem um shar pei, é para cães de pele e pêlo sensíveis. Resultado: sou apaixonado por eles, eles por mim, não trocaria meus shar peis por NADA. Não tenho problemas de saúde e vivem todos soltos de dia…só aconselho ter espaço para correrem ou que tenham disponibilidade para passear com eles diariamente, pois necessitam de exercícios.

  • beatriz

    eu quero ter um shar pei alguém vende

  • Ana Lúcia Marques Cidreira

    Estou pensando em comprar uma Sharpei pra mim, tenho um Spaniel Japones Chin macho, amo cachorros. Acho o Sharpei um charme.

  • Menezzes

    Olá, tenho uma Shar Pei de 49 dias, sua pelagem é preta. Tem muitas rugas por todo o corpo, olhos e focinho dentro do padrão. É muito brincalhona, adora brinquedos. Só que percebi que a lingua dela não é toda azulada, tem apenas algumas manchas. Agora pergunto é normal, depois de um tempo ela fica de uma cor só? Será que ela é pura? Aguardo a resposta. Obrigado.

  • Eliana

    Olá! Tenho uma Sharpei de dois aninhos,realmente tem um temperamento forte,temos que ser rígidos com eles,a minha em uma ocasião me infrentou pra me morder de verdade,só que eu partir pra cima dela imobilizando até que ela desistiu e desse dia em diante ela percebeu que quem manda sou eu,fiquei com o coração partido por judiar um pouco dela mais tinha que impor limites,hoje digo que ela é minha sombra,está sempre colaba comigo,excelente companheira e boa de guarda. Só tenho um problema com ela…não gosta de comer, já levei ao vet,fez inumeros exames e está tudo bem com ela clinicamente,porém tá magrela com apenas 14 quilos,só come quando damos estimulante do apetite. Alguém pode me ajudar a fazer minha BB engordar um pouco?

  • Giovani Silva

    Todo shar pei tem q passar por essa cirurgia nos olhos??

    • Geisiane Araujo Ramos

      Não, depende do cachorro. Tenho um e ele n tem esse problema.

  • Marilú Regis da Silva Sandri

    Ola, tenho uma sharpei de 2 meses a principio um amor, ela é bem obediente, ja sabe onde é o lugar dela, claro dentro de casa rssr , tem seu cantinho pra brincar, e vi que ama estar conosco da casa, Adora brincar com meu filho no jardim, ele tem 6 anos então são dua crianças. Ela late pra todos que passam em frente nossa casa, e pras visitas tambem. Acho ela muito querida, tem o limite dela, e não ultrapassa.. Com amor e carinho aqui tudo se resolve!! 🙂

  • ANDREA CRISTINA DO CARMO

    gostaria de saber de quanto tempo de nascimento entre cada filhote,demora a noite toda,quantos filhotes podem nascer

  • Cassiano

    Oi Boa Tarde , sou dono de uma sharpei , ela é tudo de bom , tranquila na dela , quase nao late , mas quando chega alguem estranho , ja da logo o alerta , impossivel alguem entrar no quintal sem ela , mas tem uma coisa me preocupando nela , ela tem 6 anos , mas ela tem ficado com um cansaço grando , e uma respiração muito ofegante , o que pode ser ? Podem ajudar , ou somente um veterinario?

  • Mairo Barbosa

    Adotei um sharpei recentemente ela é uma fêmea de 2 anos i meio. Queria saber como proceder em relação ao olho dela pq ele fica remelando muito e parece que ela não enxerga ou exerga pouco desse olho desde que ela chegou que eu estou limpando com soro fisiológico e pingando colírio comum.