Criação de Coelhos – Cunicultura – Efeitos ambientais

A criação de coelhos ou mesmo ter apenas um animalzinho em casa requer vários cuidados relacionados ao ambiente em que vivem e como vivem.

Temperatura ambiente para criação de coelhos

Os coelhos aguentam muito bem temperaturas mais baixas do que temperaturas elevadas. No Brasil geralmente com temperaturas mais elevados o ano todo, pode trazer alguns prejuízos econômicos e principalmente ao bem-estar dos coelhos. O intervalo de conforto está entre 18 e 21°C, sendo crítica abaixo de 10°C e acima de 28°C.

Temperaturas acima de 30°C causam esterilidade temporária em machos, afeta o comportamento reprodutivo e sexual, altera os componentes do leite, causa aborto, parto prematuro e muitas vezes a morte da matriz. Acima de 40°C ocorre morte de todos os animais se não forem tomadas medidas. Alguns pesquisadores indicam como controle da temperatura colocar sacos de gela nas gaiolas, realizar o fornecimento de ração manhã e fim da tarde, quando as temperaturas diminuem, passar água no dorso dos coelhos e reduzir os acasalamentos.

A perda de calor pelos coelhos ocorre por perdas evaporativas como a ofegação, com baixa eficiência, e perdas não evaporativas observadas pela posição do corpo quando se deitam estendidos e mantêm as orelhas elevadas. Os coelhos não apresentam glândulas sudoríparas.

Somente os filhotes dentro do ninho, chamados láparos precisam de temperatura mínima de 28°C, sendo ideal de 32-34°C. Essa temperatura é conseguida no ninho graças ao pelos retirados pela mãe na confecção do ninho antes do nascimento dos láparos.

Qualidade do ar

O ar onde os coelhos vivem precisam ser livres de poluentes, fumaça, poeira, amônia da urina, metano das fezes e gás carbônico, conseguida com boa ventilação. Caso contrários os coelhos podem desenvolver problemas respiratórios. A umidade ideal é de 60-70%.

Ambiente – Gaiola

Coelhos que são mantidos em gaiolas precisam ter um espaço mínimo de 80 cm de comprimento, 60 cm de largura e 40 cm de altura para cada coelho. Claro que para coelhos gigantes a gaiola precisa ser o dobro. Porém as gaiolas precisam ter materiais que melhoram as condições de vida deles, pois a falta de estímulos também afeta a reprodução, no caso as fêmeas podem não aceitar os machos. Além do efeito na reprodução, qualquer coelhos num ambiente sem estímulos pode ter um sistema imune prejudicado, o crescimento é inibido e ocorre catabolismo de tecidos.

Para a European Food Safety Authority (EFSA) existem algum objetos que obrigatoriamente precisam estar dentro das gaiolas de coelhos como a plataforma elevada que pode ser de madeira ou plástico, prancha de apoio para os pés, túneis ou tocas, feno e pedaços de madeira ou brinquedos de madeira.

Criação de Coelho

Criação de Coelhos

Criação Coelhos Imagem

Estimulação tátil

Muitos estão estudando hoje a relação homem-coelho e quanto uma manipulação positiva pode melhorar a qualidade de vida dos coelhos. Estudos mostram que o contato com carinho, desde o nascimento dos filhotes melhora a imunidade, a facilita de aprendizado, reduz comportamentos agressivos, reduz a mortalidade e melhora o comportamento social. Todas essas melhoras perduram ao longo do crescimento dos coelhos já que param de ver o homem como predador e assim não ficam estressados com a presença humana.



Gostou desse artigo? Dê seu voto!

(3 votos, média: 5,00 de 5)

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente!
Loading...

Reply