Animais do Pantanal – Conheça os 6 mais Famosos e suas características


O Pantanal é a maior área alagada do mundo, abrangendo trechos do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do norte do Paraguai e leste da Bolívia, onde é possível observar características de vários biomas brasileiros concentradas num mesmo local, tais como Cerrado, Caatinga e Floresta Amazônica. Entre os animais que vivem no pantanal, existe uma rica fauna, contendo muitas espécies de aves, anfíbios, répteis, mamíferos, peixes, entre outras formas de vida que compõe uma riquíssima biodiversidade local. Veremos alguns animais do pantanal brasileiro e de seus arredores.

Animais do Pantanal

Entre os principais animais típicos do pantanal mato-grossense, estão:

  • Aves: arara-azul, tuiuiú, tucano, ema, colheireiro, periquito, garça-branca, beija-flor, socó, seriema, papagaio, gavião, curicaca, entre muitos outros bichos do pantanal;
  • Mamíferos: onça-pintada, onça-parda, capivara, veado-campeiro, veado-catingueiro, lobo-guará, macaco-prego, cervo-do-pantanal, porco-do-mato, tamanduá-bandeira, cachorro-do-mato, anta, ariranha, quati, tatu e muitos outros;
  • Peixes: piranha, pacu, pintado, dourado, cachara, curimbatá, piraputanga, jaú e piau, entre outros;
  • Répteis: jacaré, sucuri, jiboia, cobra-d’água, calango-verde, jabuti, cágado, entre outros.

Abaixo, mostraremos fotos de animais do pantanal e falaremos sobre 6 deles.

Anta

anta

A anta é o maior mamífero terrestre do Brasil, chega a pesar entre 200 e 300 kg, medir 1,20 m de altura e viver até  35 anos. É um animal pacífico, solitário e de hábitos predominantemente noturnos, ou seja, se esconde de dia e sai a noite para buscar alimento. Alimenta-se de folhas, frutos, vegetação aquática, brotos, gravetos, grama e caules. A anta dispersa muitas sementes com as suas fezes, ajudando na dispersão de sementes pela mata. Esse animal lembra a  junção de três animais: forma de um porco, patas de rinoceronte e focinho parecido com uma tromba de um elefante.

Apesar de não ser considerado animal ameaçado de extinção, a anta, como muitos outros animais encontrados no pantanal, sofre com a perda de habitat resultado da devastação das matas. A caça de alguns animais do pantanal para alimentação e esporte, que ocorre em algumas regiões, também são uma ameaça para a espécie.

Sucuri

A Sucuri é um dos animais do pantanal mais conhecidos
A Sucuri é um dos animais do pantanal mais conhecidos

A sucuri, também conhecida como anaconda, é a maior serpente do mundo e pode viver até 30 anos. Há registros de indivíduos com 10 metros de comprimento e pesando 450 kg. Se alimentam de capivaras, peixes, aves, felinos e até jacarés. Não apresenta glândulas produtoras de veneno e matam por constrição – envolvendo o corpo das presas e as esmagando com sua potente musculatura. Pode ficar sem se alimentar durante meses, tempo necessário para a digestão da presa ingerida.

Possui hábitos aquáticos, habitando áreas úmidas como margens de rios e lagos, várzeas e igarapés. A sucuri é uma serpente ovovivípara, ou seja, os filhotes eclodem de seus ovos dentro da mãe e já nascem prontos para explorar o ambiente em busca de alimento. Sua ninhada costuma ser grande, variando de 10 a 70 filhotes a cada gestação que dura de 225 a 270 dias.

Tuiuiú

Com certeza o Tuiuiú é um dos animais do pantanal mais famosos
Tuiuiú ou Jaburu

Da família das cegonhas, também é conhecido como jaburu. É considerado a ave símbolo do Pantanal onde é a maior ave voadora. Ele chega a ter 1,60 m de altura e pesar 8 kg, podendo chegar a quase 3 metros de envergadura (medida de uma ponta da asa aberta à outra).

Se alimenta principalmente de peixes, moluscos, répteis e insetos. Os ninhos do tuiuiú são as maiores estruturas construídas por aves no Pantanal, localizados nas árvores mais altas. Há registros de ninhos com 3 metros de diâmetro, que ficam tão sólidos que são capazes de sustentar uma pessoa adulta sobre ele!

Piranha

A piranha é um dos carnívoros das águas do pantanal
A piranha é um dos carnívoros das águas do pantanal

A piranha é um peixe muito voraz, predador e com mandíbulas fortíssimas sendo o único peixe carnívoro que caça em bando. A maioria das piranhas são rápidas, mas geralmente só atacam quando são estimuladas à isso. Dentre todas as diversas espécies de piranhas, algumas são canibais e outras não, mas todas possuem comportamentos agressivos.

São extremamente sensíveis à presença de sangue no ambiente e podem perceber uma gota de sangue em 200 litros de água. Também percebem as vibrações dos movimentos de animais feridos, em seu ambiente aquático, localizando assim as suas presas. Alimentam-se principalmente de outros peixes, mas não dispensam animais do pantanal feridos, filhotes em geral e carcaças de animais. Por isso são importantes para a manutenção do equilíbrio ecológico, contribuindo para a limpeza das águas.

Há relatos de que para os boiadeiros atravessarem um rio na época da seca com toda a sua boiada, precisavam sacrificar um boi, distraindo assim as piranhas para que todos os outros  passassem em segurança, o que criou a expressão “boi de piranha”.

Jacaré-de-Papo-Amarelo

Tem esse nome pois possui um couro amarelado na parte ventral do Animais do Pantanalcorpo (barriga) e a parte dorsal é recoberta por placas escuras muito duras. Quando adulto, pesa 70 kg, chega até 2,5 metros de comprimento e pode viver cerca de 50 anos. Ao contrário dos mamíferos, quanto mais velho, torna-se maior e mais forte.

Habita brejos, lagos, pântanos e rios, é um réptil carnívoro que se alimenta de peixes, aves e outros animais. Embora os jacarés assustem pelo seu tamanho e aspecto pré-histórico, são extremamente importantes para o equilíbrio ecológico. Eles agem na cadeia alimentar controlando as espécies  de animais do pantanal que fazem parte da sua dieta.

O jacaré-de-papo-amarelo já esteve ameaçado de extinção em virtude da poluição de seu habitat e da caça predatória para a retirada do couro e consumo da carne. Com a proibição da caça nos anos 90 a espécie se recuperou e não faz mais parte da lista de animais ameaçados de extinção.

Onça-pintada

onça pintada
Entre os mais famosos animais do pantanal não faltaria a onça pintada

Também conhecida como Jaguar, é o maior felino das Américas e o único representante atual do gênero Panthera no continente. Pode medir até 2 metros e 41 centímetros e pesar 158 quilos.
Sua coloração amarelo-claro coberta por manchas negras auxilia na  sua camuflagem entre a vegetação. De hábitos noturnos, se alimenta de animais do pantanal tais como veado, porco-do-mato, jacaré, garças, capivaras, entre muitos outros. Possui grande força muscular e uma mordida muito potente. A característica marcante da espécie é que, diferentemente da maioria dos felinos que miam, ela emite uma série de roncos muito fortes que são chamados de esturro. Vivem solitárias, porém, ocorre interação entre machos e fêmeas durante o período de acasalamento.

 

Caso tenha algo a comentar, utilize a caixa de comentários abaixo.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

(79 votos, média: 4,16 de 5)

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente!
Loading...

8 pensamentos em “Animais do Pantanal – Conheça os 6 mais Famosos e suas características”

    1. Que bom que serviu pra você esse texto.

      Muitos professores passam para os alunos fazerem trabalhos de escola sobre os animais do pantanal, pois eles são realmente os mais comuns e conhecidos pelos seres humanos.

      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *