Animais Domésticos – Escolha seu primeiro animal de estimação


Criar animais domésticos é muito bom. Receber amor e dar amor para os animais é algo que não se pode mensurar. Mas, você sabe o que é um animal doméstico? Sabe qual a diferença principal dos animais domésticos e dos animais selvagens?

 Animais Domésticos e Animais Selvagens

As pessoas estão acostumadas apenas com cães, gatos, pássaros e peixes e os consideram geralmente como animais domésticos.
Porém, animais domésticos são animais que já não vivem na natureza e tem uma relação mais direta de convívio com o homem.
Os cavalos e bois, por exemplo, são animais domésticos pois precisam do homem para alimentação e abrigo. O homem, por outro lado, cria os cavalos e os bois pois precisa dele, como por exemplo para transporte de carga e até mesmo, no caso dos bois, como alimento.
Os animais que nascem ou vivem na natureza e que não precisam do homem para sobreviver são considerados animais selvagens, como os papagaios, macacos ou qualquer outro animal da fauna do Brasil. Um animal selvagem pode ser criado como um animal doméstico desde que seja legalizado pelo IBAMA, o que dá autorização para criar o animal assim.

 

Principais Animais Domésticos

Animais Domésticos

Como já comentado, os animais domésticos mais comuns aos homens são os cachorros, gatos, peixes e pássaros, e os mais encontrados nas casas das pessoas são os cães e gatos.

Esses animais não têm medo do ser humano, porém, como qualquer animal, se se sentirem amedrontados por algum motivo, podem atacar ou então correr para se protegerem. Claro que isso depende muito do animal. Um peixe ou um pássaro, por exemplo, não machucam muito mas um cachorro pode morder e um gato pode unhar muito.


Para quem está com a ideia de ter um ou mais animais domésticos, pode pensar em começar pelos peixes. Os peixes, além de lindos, se tornam amigos das pessoas, e até mesmo algumas pessoas chegam a passar a mão neles como se estivessem fazendo carinho.
Ter um peixe como animal doméstico é bom pois é bem fácil, podendo até mesmo as crianças cuidarem dele. Como qualquer animal (inclusive o ser humano), ele tem fezes portanto, ter cuidado com a água é fundamental, porém não é todo dia.

O peixe não late, não morde, não arranha, não faz bagunça, não morde as coisas, enfim, ele não dá tanto trabalho quanto um cachorro dá. Porém, você só tem que tomar um cuidado ao ter um peixe: diferente dos outros animais domésticos, ele não emite qualquer tipo de som que alerte que ele está com fome. O cachorro late, o gato mia, o pássaro canta.. e o peixe? Nada. (Nada tanto no sentido de nadar quanto no sentido de não fazer nada para falar que está com fome). Se você esquecer de dar comida para seu peixe, ele vai morrer.
Caso já teve ou está acostumado a ter contato com animais domésticos, poderá procurar por um cachorro ou gato.

Os cachorros são brincalhões e gastam muita energia. Já os gatos, por outro lado, geralmente são mais quietinhos e gostam de ficar mais na deles.

Gostou desse artigo sobre animais domésticos? Comente abaixo caso esteja à procura de um!


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

(6 votos, média: 3,00 de 5)

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente!
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *